Cálculo de pisos: aprenda a fazer e evite desperdício em sua obra

Entre porcelanato ou granito, você saberia qual a melhor escolha para o piso da cozinha? Descubra agora!
Porcelanato ou granito: qual a melhor opção para o piso da cozinha?
13 de fevereiro de 2019
Veja como funciona o assentamento de revestimento na cozinha entre as principais alternativas e tire as suas dúvidas!
Como fazer a aplicação de um bom revestimento na cozinha?
6 de março de 2019
Veja como fazer o cálculo de pisos e revestimentos para saber a quantidade que você deve comprar para sua obra! Leia agora mesmo o nosso artigo.

Pisos e revestimentos são partes importantes do acabamento de uma obra, então, saber escolher é muito importante para um resultado bonito, prático e duradouro. Mas, ao comprar, é preciso saber fazer o cálculo de pisos para descobrir a quantidade que será necessária.

Comprar a quantidade correta garante que você economize, não desperdice material e nem acabe tendo que adquirir mais no meio do processo de colocação. A partir dessas informações, separamos algumas dicas para ajudar você nesse processo. Acompanhe a leitura e confira!

Saiba como medir cômodos e paredes

A compra dos pisos e revestimentos é feita em metros quadrados (m²), então, você precisará ter as medidas dos cômodos em mãos. Por exemplo: um cômodo de 4 metros de largura por 3 de comprimento precisará de, no mínimo, 12 m² de piso (3 m × 4 m = 12 m²). O mesmo vale para a parede: meça a altura, a largura e multiplique as medidas para obter a área em m².

Caso o cômodo tenha uma parte mais larga ou comprida, e outra mais estreita ou curta, você pode dividi-lo em retângulos e depois somar as áreas. Caso não seja possível, tire a área com as maiores medidas para garantir que não vai faltar.

Além dessa medida, é preciso de uma quantidade extra para rodapés (se for o caso) e também para perda, já que algumas peças podem quebrar no processo de corte.

Aprenda a fazer o cálculo de piso para rodapé

Em geral os rodapés têm entre 10 e 15 centímetros. Então, para saber quanto comprar, você deve decidir qual a altura que deseja no acabamento e multiplicar pela medida de cada parede.

Utilizando o exemplo anterior, de um cômodo de 4 m x 3 m e um rodapé de 0,15 m (ou seja, 15 cm), multiplique esse valor pela largura e comprimento, que dará o resultado de 0,6 m² para a parede maior e 0,45 m² para a outra. Assim, soma-se os resultados e multiplica-se por dois, já que temos duas paredes de cada tamanho no cômodo: (0,6 + 0,45) × 2 = 2,1 m².

Atenção para a conta ficar correta, é preciso que você utilize todas as medidas sempre na mesma unidade, ou seja, tudo em centímetros ou tudo em metros. Para transformar centímetros em metros, basta dividir por 100: 15/100 = 0,15 m.

Significa, portanto, que no nosso exemplo, precisaremos de, no mínimo, 2,1 m² de piso para os rodapés, além do que já se calculou para o chão.

Acontece que no processo de colocação, tanto dos pisos, quanto rodapés e revestimentos, é preciso cortar algumas peças e pode acontecer de algumas lascarem, racharem ou quebrarem. Por isso, é preciso sempre comprar de 10% a 15% a mais do que você calculou.

Entenda as variações de cálculo

Acima você viu a forma mais básica e frequente de se fazer o cálculo de pisos. No entanto, quando o revestimento tem um formato ou uma colocação diferente, a quantidade pode aumentar bastante. É o caso do mosaicos em formato de espinha de peixe, diagonal, entre outras possibilidades. Por conta da forma que será fixado, precisará de mais cortes e maior metragem de segurança.

Outra situação é quando os pisos vêm em caixas com um determinado número de peças. Para saber quantas caixas você vai precisar, é preciso calcular qual a metragem que cada peça cobre e dividir pelo valor total da área do seu cômodo. Ou seja: uma peça quadrada de 60 cm (ou 0,6 m) reveste 0,36 m². Portanto, se o cômodo tem 12 m², serão necessárias 34 peças.

Os cálculos de pisos não são complicados, mas é preciso medir corretamente a área a ser revestida e calcular sempre com a mesma unidade de medida (ou em metros, ou em centímetros). Uma solução é levar a planta da casa para a loja ou as medidas da largura, comprimento e altura.

Na Ekológika Revestimentos a equipe está preparada para orientá-lo para a compra da quantidade correta de piso. Além disso, disponibilizamos o serviço de medição de obra e acompanhamento da colocação do acabamento.

Então, agora que você já sabe fazer o cálculo de pisos, entre em contato conosco e conheça todos os produtos e soluções que oferecemos para facilitar a sua obra!

Ekológika
Ekológika
Ambiente de um jeito único

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whatsapp